Curtas

A partir do dia 09/07/2017, a transferência entre linhas municipais de Diadema e São Paulo e linhas de trólebus será tarifada em R$1,00 nos terminais Diadema, Piraporinha e São Mateus. [05/07/2017 - 14h30]

De acordo com publicação do Diário Oficial de São Paulo, de 03/02/2017, o ponto final das linhas 020, 022, 131 e 492, em Carapicuíba, passará a ser na altura do nº 262 da Rua Ten. José Nogueira, um pouco acima do terminal oficial atual. Data ainda não definida. [03/02/2017 - 11h25]

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Metrô quer ampliar a linha 4-Amarela até o Pari




-Ainda em fase de projeto, ligação só deve acontecer daqui a 9 anos
-Linha Amarela passa a operar em horário normal no próximo mês



A Linha 4-Amarela deve ser estendida. Projetada inicialmente para terminar na estaçãoda Luz – com inauguração prevista para o fim do mês que vem –, a linha deve ser ampliada até o Pari,
ideia existente em projetos iniciais da rede. Segundo o Metrô, o projeto da obra deve ficar
pronto no ano que vem. Mas a ampliação só deve ser concluída em 2020, daqui a nove anos.
O Metrô não confirma, mas a ligação com a futura parada no Pari provavelmente utilizará um túnel de 447 metros que sai da Luz. A ideia é estender a passagem até a nova estação. A partir do mês que vem,
com as inaugurações das estações República e Luz, o túnel servirá para manobras e
estacionamentos de trens. Além das novas estações, no próximo mês, o Metrô diz que a Linha Amarela vai
funcionar em horário normal, das 4h40 à 0h. 

 A criação da estação Pari é elogiada pelo diretor da ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos), Rogério Belda. Segundo disse ao JT, a estação Pari poderá atender a demanda da região nordeste, oferecendo a moradores de bairros populosos como Vila Maria e Parque Novo Mundo uma alternativa à Linha 1 - Azul (Jabaquara-Tucuruvi).



Do outro lado

Além da estensão até o Pari, temos também a extensão da outra ponta; até a Vila Sônia e, posteriormente (e provavelmente), até Taboão da Serra (RMSP - Área 1 da EMTU). Além da estação do metrô, a área contará também com um terminal de ônibus, que terá capacidade para mais de 300 ônibus. O terminal será operado pela SPTrans e pela EMTU.
Antes de a linha metroviária ser estendida até Taboão da Serra, a ViaQuatro (administradora da Linha 4) pretende disponibilizar ônibus até o muncípio. A Estação Vila Sônia tem está prevista para ser entregue em 2013/2014.



Fontes:
Jornal Metro
Jornal Destak
Blog Ponto de ônibus

Nenhum comentário:

Postar um comentário