Curtas

A partir do dia 09/07/2017, a transferência entre linhas municipais de Diadema e São Paulo e linhas de trólebus será tarifada em R$1,00 nos terminais Diadema, Piraporinha e São Mateus. [05/07/2017 - 14h30]

De acordo com publicação do Diário Oficial de São Paulo, de 03/02/2017, o ponto final das linhas 020, 022, 131 e 492, em Carapicuíba, passará a ser na altura do nº 262 da Rua Ten. José Nogueira, um pouco acima do terminal oficial atual. Data ainda não definida. [03/02/2017 - 11h25]

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Investidores internacionais conhecem o plano de investimento da STM

O secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, proferiu palestra no evento promovido pela Goldman Sachs, no Hotel Unique, em São Paulo, em 16/09, para um grupo de executivos estrangeiros interessados em investir no Brasil. Ele apresentou o plano de desenvolvimento do transporte num horizonte até 2014, com investimentos de R$ 45 bilhões, sendo R$ 30 bi recursos do Tesouro e R$ 15 bi da iniciativa privada, por meio de parcerias público-privadas (PPP).



DSC07149


“Até meados do ano que vem teremos seis linhas de metrô em construção, ao mesmo tempo. O Estado aumentou sua capacidade de investimento e também há o interesse do setor privado nos projetos de transporte”, afirmou. Atualmente, o sistema sobre trilhos em São Paulo, operado pelo Metrô e CPTM, transporta 6,7 milhões de usuários por dia útil, com prospecção de atingir os 7 milhões de usuários/dia até dezembro.

Após uma breve apresentação do perfil da macrometrópole paulista e as aglomerações urbanas, incluindo a recém-criada aglomeração de Jundiaí, Jurandir Fernandes falou sobre cada projeto das três empresas da pasta.“Além das novas linhas de Metrô, da modernização da CPTM e de novos corredores de ônibus, pela EMTU, há também os projetos de implantação de trens regionais para Jundiaí, Sorocaba e Santos”, afirmou.
Fernandes ressaltou a importância da participação da iniciativa privada para a implantação dos projetos do Estado, diante da falta de capacidade gerencial existente hoje. Em 30 de agosto, o Governo do Estado criou, por meio de decreto, a MIP – Manifestação de Interesse da Iniciativa Privada, que abre um canal de comunicação formal com o mercado, encurtando a distância entre o plano de investimento público e sua execução, com o objetivo de levar o setor privado para participar da ampliação dos projetos em todos os setores governamentais.

O evento, promovido pelo banco de investimentos Goldman Sachs, teve como tema os projetos de infraestrutura no Brasil para a Copa do Mundo, em 2014. Jurandir Fernandes encerrou a apresentação firmando o compromisso de execução dos projetos apresentados: “Nós vamos fazer o que estamos planejando e vamos mudar o panorama de São Paulo na questão da mobilidade!”.

Fonte: Assessoria de Imprensa STM

Nenhum comentário:

Postar um comentário