Curtas

A partir do dia 09/07/2017, a transferência entre linhas municipais de Diadema e São Paulo e linhas de trólebus será tarifada em R$1,00 nos terminais Diadema, Piraporinha e São Mateus. [05/07/2017 - 14h30]

De acordo com publicação do Diário Oficial de São Paulo, de 03/02/2017, o ponto final das linhas 020, 022, 131 e 492, em Carapicuíba, passará a ser na altura do nº 262 da Rua Ten. José Nogueira, um pouco acima do terminal oficial atual. Data ainda não definida. [03/02/2017 - 11h25]

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

DOE publica nesta quinta (19) o nome do vencedor da licitação para elaboração de projetos de trechos do VLT e de mini pesquisa OD

O Diário Oficial do Estado publica nesta quinta (19) o nome do ganhador da concorrência para elaboração de estudos e projetos com vistas à implantação do Sistema Integrado Metropolitano (SIM) da Região Metropolitana da Baixada Santista, incluindo a realização de uma mini pesquisa Origem-Destino Domiciliar para atualização da Pesquisa OD 2007.

O resultado desse levantamento vai contribuir para a reorganização do transporte metropolitano prevista no SIM, obra do Governo do Estado que será gerenciada pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos - EMTU-SP.

Além da mini pesquisa OD, o CONSÓRCIO PROJETOS SIM RMBS, composto pelas empresas Vetec Engenharia Ltda., Opus Oficina de Projetos Urbanos Ltda. e Pólux Engenharia Ltda., será responsável pela readequação do Projeto Funcional do VLT dos trechos Conselheiro Nébias/Valongo, Conselheiro Nébias/Ponta da Praia/Ferry Boat, Barreiros/Samaritá e Samaritá/Terminal Tatico; Projeto Básico dos trechos Conselheiro Nébias/Valongo, Conselheiro Nébias/Ponta da Praia/Ferry Boat e Barreiros/Samaritá; Projeto Executivo do trecho Conselheiro Nébias/Valongo.

O valor orçado da licitação foi de R$ 16.209.077,52 (dezesseis milhões, duzentos e nove mil, setenta e sete reais e cinqüenta e dois centavos), e o valor da contratação será de R$ R$ 15.479.660,00 (quinze milhões, quatrocentos e setenta e nove mil, seiscentos e sessenta reais), com uma economia, portanto, de R$ 729.417,52 (setecentos e vinte e nove mil, quatrocentos e dezessete reais e cinqüenta e dois centavos), ou seja, 4,5% sobre o valor orçado pela EMTU/SP para a contratação.

O prazo de vigência do contrato é de 480 dias a partir da emissão da Ordem de Início dos serviços.


Atualizado em: 19/01/2012 15:59:58
Fonte: EMTU/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário