Curtas

A partir do dia 09/07/2017, a transferência entre linhas municipais de Diadema e São Paulo e linhas de trólebus será tarifada em R$1,00 nos terminais Diadema, Piraporinha e São Mateus. [05/07/2017 - 14h30]

De acordo com publicação do Diário Oficial de São Paulo, de 03/02/2017, o ponto final das linhas 020, 022, 131 e 492, em Carapicuíba, passará a ser na altura do nº 262 da Rua Ten. José Nogueira, um pouco acima do terminal oficial atual. Data ainda não definida. [03/02/2017 - 11h25]

quinta-feira, 29 de março de 2012

Funcionário denuncia fiscais em esquema de desvio de passagem

Um funcionário da Viação Boa Vista, que opera linhas entre Campinas (SP) e Hortolândia (SP), denunciou à EPTV que fiscais do sistema do transporte metropolitano estão envolvidos em um esquema de desvio de dinheiro das passagens dos ônibus, como foi denunciado pelo Jornal da EPTV na segunda-feira (26). Cobradores e motoristas cobram R$ 2 dos passageiros e não R$ 3,05, o valor da tarifa.“Sempre é dito que os fiscais participam. Alguns deles, outros não”, disse o funcionário, que pediu para não ser identificado. O dinheiro não é repassado à empresa, pois o usuário entra pela porta traseira e não registra sua passagem pela catraca de controle. O esquema renderia aos profissionais um valor três vezes acima dos salários deles na empresa. "Imagino de R$ 3 mil a R$ 4 mil por mês", afirmou.

O funcionário denunciou ainda que ameaças são feitas para quem não concorda com o esquema.“Quando eles não querem participar são ameaçados fisicamente. Eles são coagidos, inclusive recentemente um fiscal foi agredido na empresa”. As ameaças são feitas ainda para motoristas e cobradores que não participam do esquema.

A Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU) pediu à Polícia Civil uma investigação sobre o caso de desvio de dinheiro. Mas com a nova denúncia do funcionário vai reforçar o pedido porque o esquema pode ser maior do que se pensava. “Existem pessoas movimentando esta máquina do delito, da fraude e da corrupção. Estas pessoas serão identificadas e punidas com o rigor da lei”, disse o gerente regional da EMTU Edson Zilião após assistir a denúncia do Jornal da EPTV.

Boa Vista

 A empresa Boa Vista informou que desconhece o esquema envolvendo fiscais, mas vai apurar as denúncias. Informou ainda que toda vez que tenta uma medida contra funcionários que cometem irregularidades a categoria ameaça uma paralisação. Após demitir quatro funcionários flagrados pela EPTV, a categoria fez uma paralisação para que os demitidos recebem todos os direitos trabalhistas.

Fonte/texto: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário